Do sonho à realidade - Sanjoanense vem ajudando sua equipe em busca da classificação inédita para Série B do Campeonato Brasileiro

18/09/2017

Natanael de Sá Costa, mais conhecido como Nathan Costa, 22 anos, natural de São João do Piauí está disputando a Série C do Campeonato Brasileiro em busca da classificação para Série B. O menino sonhador dos campos e quadras de São João do Piauí, hoje, vive uma realidade, é jogador de futebol e está ganhando esse imenso Brasil com o seu talento.

O jovem volante já foi jogador do Central-PE, onde disputou o Campeonato Pernambucano, enfrentando clubes como Náutico e Sport, marcando jogadores consagrados, como o ídolo do Sport, Diego Souza. Logo após sua passagem por Pernambuco, Nathan defendeu o peixe paulista, o tradicional Santos Futebol Clube, clube do Rei Pelé.

Atualmente, o sanjoanense defende as cores do Tombense Futebol Clube, em Tombos-MG, no qual nesta temporada disputou o Campeonato Mineiro 2017 e fez boas partidas contra times do alto escalão do futebol brasileiro, como o Cruzeiro, atual finalista da Copa do Brasil e Atlético-MG.

O Tombense se encontra na Série C do Campeonato Brasileiro e busca o inédito acesso para a Série B. Com a ajuda de Nathan, o clube em que defende, conhecido como Gavião Carcará, recebe o CSA nesta segunda-feira, às 20h45, no Estádio Antônio Guimarães de Almeida, pelas quartas de final da Série C.

O jogo de volta entre os dois times está marcado para a segunda-feira da outra semana, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Nesta fase, o gol marcado fora de casa é o primeiro critério de desempate. Quem passar, se classifica para a semifinal e, consequentemente, garante o acesso para a Série B.

O Tombense terminou a fase classificatória na terceira posição do Grupo B, com 26 pontos em 18 jogos - seis vitórias, oito empates e quatro derrotas. Já o CSA foi o vice-líder do Grupo A com os mesmos 32 pontos do Sampaio Corrêa, atrás do número de vitórias (9 contra 8). O Azulão ainda teve oito empates e apenas duas derrotas. Por ter feito melhor campanha, tem o direito de decidir em casa.

Todos os sanjoanenses estão na torcida por você, Nathan! Sucesso, garoto!