PT veta Landim e Merlong assume vaga de Assis; Ariane Benígno assume a Administração

07/07/2020

Merlong Solano e Ariane Benígno Foto: CCOM
Merlong Solano e Ariane Benígno Foto: CCOM

A Direção Nacional do PT, a bancada do partido na Câmara e o Diretório Estadual do Piaui não aceitaram que a vaga do falecido deputado deputado federal Assis Carvalho fosse preenchida pelo suplente Paes Landim, do PTB.

Não houve pressão sobre o governador Wellington Dias, que no início da tarde o governador Wellington Dias se reuniu com secretário e deputado federal Merlong Solano e foi acertado que o parlamentar vai assumir o mandato e a nova secretária de Administração do Estado será Ariane Benígno, que já havia substituído Merlong no comando da pasta.

Merlong deve viajar ainda nesta terça-feira para Brasília para tomar posse como titular na Câmara dos Deputados. Para os petistas, seria até uma agressão à memória e à luta do petista Assis Carvalho colocar no lugar dele um deputado claramente de direita.

O suplente de deputado Paes Landim, segundo membros da direção estadual do PT, serve aos interesse do Centrão e é uma espécie de representante do presidente do PTB, o ex-deputado federal Roberto Jefferson, cassado por corrupção e defensor ferrenho do presidente da República, Jair Bolsonaro e da política do governo dele.

O governador Wellington Dias não comentou sobre a essa história de "pressão" que o PT nacional e estadual queriam fazer. Ele se antecipou e já confirmou o nome da nova secretária de Administração. As posses de Merlong , na Câmara, e de Ariane, na Sead, devem ocorrer nesta quarta-feira (08).

Fonte: Piauí Hoje