Palestra sobre hanseníase foi realizada na UBS Drº. José Abel

30/01/2018

A hanseníase é uma doença que ainda assusta não só a população brasileira, como a mundial. Em São João do Piauí não é diferente e o número de casos da doença ainda é grande. Preocupados com a saúde do município, a Secretaria de Saúde do Município está realizando, em conformidade com o resto do mundo, a campanha do janeiro roxo, visando diagnosticar e detectar a doença, proporcionando um tratamento no inicio e mais rápido. Hanseníase tem cura.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação de Vigilância Epidemiológica, realizou hoje (30/01), uma palestra na UBS Drº José Abel, localizado no bairro Alto Sertanejo, sobre a hanseníase - incidência, proliferação, prevenção e tratamento, ministrada pelo Enfermeiro Hélder Vinícius.

Presente no evento, a Secretária de Saúde, Vicência Amorim destacou que o município de São João do Piauí, dispõe de toda uma estrutura para o diagnóstico e tratamento da doença.

A equipe da referida UBS e de toda Secretaria proporcionou um ambiente aconchegante para tratar de um tema muito delicado. Além das importantes informações da palestra, houve lanche para a população.

É muito importante que a população fique atenta aos sintomas e procure alguma UBS ou hospital para diagnóstico e, se detectada a doença, para um tratamento, pois como o lema da campanha já diz, hanseníase tem cura.

Amanhã os profissionais da saúde do municípios continuarão os trabalhos, dessa vez na UBS Simplício F. Carvalho, fazendo também esse importante trabalho na zona rural, UBS Mãe Helena (Grajau) - 31/01/18 e Agrovila II (Região de baixo) - 02/02/18

MAIS SOBRE A DOENÇA

A hanseníase, comumente conhecida como lepra, é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae, ou bacilo de Hansen, que lesiona os nervos periféricos e diminui a sensibilidade da pele. Geralmente, o distúrbio ocasiona manchas esbranquiçadas em áreas como mãos, pés e olhos, mas também podem afetar o rosto, as orelhas, nádegas, braços, pernas e costas. 

Os principais sinais e sintomas são:- manchas na pele com alteração da sensibilidade térmica e/ou dolorosa; comprometimento neural periférica em mãos e/ou pés e/ou face.