Órgãos do município e açougueiros da região se reuniram para tratar sobre o novo matadouro e o abate de carnes na cidade

18/08/2017

Aconteceu ontem, quinta-feira (17), no Centro Cultural de São João do Piauí, uma reunião entre vários órgãos do município e açougueiros da região. A reunião teve como tema principal as regras de inspeção sanitária do novo matadouro de São João do Piauí no abate de carnes no município.

O Matadouro Público Municipal Joaquim Lopes, que fica na PI que liga São João do Piauí a cidade de Campo Alegre do Fidalgo, próximo ao morro da cruz, é uma reivindicação antiga dos açougueiros, pois o antigo, que ficava no alto Caixa D'agua, era uma verdadeira pocilga. O prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos Modesto, que na reunião falou da importância desse novo matadouro, representando a Prefeitura Municípal, foi que,  juntamente com o Governo do Estado, fizeram com que o novo matadouro fosse construído, bem equipado, com todas as especificações técnicas e que já está funcionando. O matadouro municipal está sob a coordenação de José Ribamar (Ribinha), um homem bastante competente e comprometido no que faz.

Muitos açougueiros compareceram na reunião, cerca de 60%.  Lariza Coutinho Ferreira, veterinário do município, foi quem ministrou a reunião. O debate foi aberto aos que estavam presentes para fazerem perguntas e expressar suas opiniões. O açougueiro vitório foi um dos primeiros a falar. O vereador Elias Laurentino falou da satisfação que tem em ver o novo matadouro em funcionamento, pois este era um grande anseio dos sanjoanenses.

Segundo a Secretária de Agricultura, Adriana de Castro, o prefeito de São João do Piauí já autorizou a compra de uma câmara para garantir ainda mais a qualidade das carnes sanjoanenses.

O ponto principal da reunião foi as regras sanitárias, principalmente no abate das carnes, pois um problema que ainda existe no município é o abate clandestino das carnes.