O grupo quilombola de capoeira encanta São João do Piauí e região há 15 anos com belíssimas apresentações

20/04/2017

São João do Piauí é uma cidade privilegiada culturalmente, pois possui um grupo quilombola de capoeira há 15 anos, grupo este de muita originalidade, bastante atuante e que mantém vivo nossas raízes.

Capoeira é uma expressão cultural brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular e música. Foi desenvolvida no Brasil principalmente por descendentes de escravos africanos, e é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, utilizando primariamente chutes e rasteiras, além de cabeçadas, joelhadas, cotoveladas, acrobacias em solo ou aéreas. É uma marca que caracteriza o Brasil a fora.

O grupo sanjoanense que é independente e não possui muito apoio, já está há mais de uma década dando sua contribuição para a sociedade. Possuem um objetivo de tornar um mundo possível para os vulneráveis, perpassando questões sociais, religiosas e socioculturais. O grupo conhece grande parte do Estado do Piauí, já viajaram e se apresentaram para várias cidades como Picos, Palmeirais, Canto do Buriti, Queimada Nova, os jogos de capoeira que ocorrem em Oeiras no mês de julho, como também fora do Estado, a exemplo, Petrolina e Juazeiro.

O grupo que é formado por homens, mulheres, jovens e crianças é coordenado pelo Professor Kina e Mestre Tizil. As aulas em São João do Piauí ocorrem na quarta-feira à noite, no Centro Cultural, mesmo lugar onde localiza-se a Secretaria de Educação do Município.

Capoeira é cultura, é esporte, é identidade, é patrimônio da nossa nação e este grupo sanjoanense está de parabéns por levar um pouco da nossa história e cultura aos cidadãos.