Jogadores do Flamengo não correspondem em campo seus altos salários

20/06/2017

Flamengo se encontra atualmente em uma situação financeira bastante confortável e vem se reforçando para a continuação do Brasileirão 2017, porém, mesmo com os jogadores recebendo altos salários, o time não vem correspondendo dentro de campo.

O time, candidato direto ao título, não vem apresentando um futebol convincente, além de apresentar muitas falhas, deixando a torcida aborrecida.

Veja salários dos jogadores do Clube de Regatas do Flamengo:

Muralha: 140 mil/mês

Thiago: 20 mil/mês

César: 50 mil/mês

Pará: 180 mil/mês

Rodinei: 160 mil/mês

Trauco: 350 mil/mês

Renê: 200 mil/mês

Juan: 190 mil/mês

Rafael Vaz: 190 mil/mês

Réver: 300 mil/mês

Rodolpho: 300 mil/mês

Donatti: 200 mil/mês

M. Araújo: 190 mil/mês

Arão: 140 mil/mês

Cuellar: 210 mil/mês

Mancuello: 230 mil/mês

Rômulo: 250 mil/mês

Everton Ribeiro: 800 mil/mês

Diego: 650 mil/mês

Conca: 500 mil/mês

Berrío: 320 mil/mês

Everton: 250 mil/mês

Geuvânio: 600 mil/mês

Gabriel: 100 mil/mês

Ederson: 200 mil/mês

Guerrero: 950 mil/mês

Damião: 350 mil/mês

Vizeu: 65 mil/mês