Bandeira abre as portas do Fla a Adriano, mas "sem oba-oba"

10/01/2018

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, abriu as portas do clube para Adriano, nesta terça-feira, na apresentação do novo técnico Paulo César Carpegiani. O Imperador já manifestou algumas vezes o desejo de voltar ao clube, mas não houve, de fato, uma negociação. O mandatário rubro-negro contou que o departamento médico do Fla está à disposição do ex-camisa 9.

"Adriano tem que ser tratado com carinho e com respeito, não é para "oba-oba". O Flamengo nunca vai fechar as portas para ele. O procurador dele já sabe que o departamento médico está à disposição para conversar com ele. Estaremos sempre aqui para ajudar a pessoa, o ídolo. Mas nada de oba oba, nada de "O Imperador voltou". Por ser nosso ídolo, tem que ser respeitado. Espero que, daqui dez ou 15 anos, o Adriano seja lembrado como ídolo, independente do que aconteça com ele agora", disse Bandeira durante a entrevista coletiva no Ninho do Urubu.

O Flamengo manifestou interesse na contratação de Vagner Love para suprir a ausência de Guerrero, que segue suspenso pela Fifa. No entanto, repatriar o atacante não é fácil. Ele renovou recentemente com o seu atual clube, o Alanyaspor, da Turquia. O Corinthians é outro que está sonhando com o centroavante.

Juntos, Adriano e Vagner Love formaram o badalado "Império do Amor", que não rendeu o esperado em 2010.

Carpegiani chega ao Flamengo

Paulo César Carpegiani foi apresentado nesta terça-feira como novo técnico do Flamengo para esta temporada. Contratado na noite desta segunda-feira para a vaga de Reinaldo Rueda, o treinador, porém, já admitiu a possibilidade de chegada de um novo nome para a função em breve e explicou inclusive que quer participar da escolha deste profissional.

"Hoje, sou o treinador do Flamengo e existe um projeto. Sentamos e conversamos. Então, hoje sou o treinador, mas não está afastada a possibilidade de se encontrarmos uma pessoa e tivermos um consenso, entrar no meu lugar amanhã ou depois", declarou. 

Carpegiani esclareceu que foi procurado pelo Flamengo para um projeto inovador no futebol brasileiro, exercendo uma função de "manager", mais próximo à diretoria. Por isso, não descartou a possibilidade de contratação de um novo nome para exercer o cargo de treinador.

A ideia do clube é contar com a experiência do técnico, campeão mundial em 1981 no comando do Flamengo, e, talvez, a qualidade de um treinador mais jovem. Assim, o time rubro-negro teria em Carpegiani uma figura forte para apoiar o novo profissional.

Outras mudanças

A chegada de Paulo César Carpegiani não é a única novidade no Flamengo. Com o técnico, outros nomes chegam ao clube. Rodrigo Carpegiani, filho do novo treinador, também chega à comissão técnica como auxiliar do pai. Além deles, outros dois profissionais foram anunciados de maneira oficial nesta terça-feira (9).

Conforme noticiado pelo UOL Esporte, o Flamengo realizou uma troca na preparação de goleiros. O contestado Victor Hugo deixa o clube após seus atletas acumularem falhas importantes em 2017. Para seu lugar, Rogério Maia, de 44 anos, já está trabalhando após se destacar na Chapecoense.

Outro nome que chega é Maurício Barbieri, que vira membro permanente da comissão técnica do Flamengo ao lado de Jayme de Almeida. A preparação física do Rubro-negro está mantida com Daniel Gonçalves e o auxiliar Marcelo Martorelli.

O Flamengo faz sua estreia na temporada no dia 17 de janeiro, uma quarta-feira, às 21h45, quando visitará o Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira. O time da Gávea tem como principal objetivo a Libertadores. O primeiro jogo será contra o River Plate-ARG no dia 28 de janeiro, no Rio de Janeiro - local ainda indefinido.