Concurso Polícia Federal nível médio: Edital com 349 vagas e inicial de R$ 4,7 mil é solicitado

18/07/2020

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) e o Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) confirmaram a solicitação de pedido de novo edital de concurso da Polícia Federal (PF), para o Ministério da Economia. O concurso segue em análise pela pasta do governo, podendo ter aval a qualquer momento.

No total, foram pedidas 1.508 vagas, sendo que 349 delas são exclusivas para o cargo de agente administrativo da PF. A função exige a formação em nível médio, além dessa o novo edital concurso PF prevê demais funções de nível superior.

Os profissionais agentes administrativos terão a jornada de trabalho de 40 horas semanais e farão jus a remuneração inicial de R$ 4.710,76

Os outros cargos possuem ganhos entre R$ 5.559,67 e R$ 23.130,48. Nesse valor já está incluído as quantias referentes ao auxílio alimentação de R$ 458,00, devido a todos.

Cargos novo edital concurso PF

Além da função de agente administrativo, o novo edital concurso PF realizou a solicitação de certame para outras áreas de apoio.

As 1.508 vagas do concurso PF estão distribuídas da seguinte forma: Agente (540); Agente Administrativo (349); Escrivão (300); Delegado (100); Médico (65); Papiloscopista (60); Administrador (21); Técnico em Assuntos Educacionais (13); Odontólogo (11); Assistente Social (10); Contador (9); Arquivista (8); Psicólogo (5); Estatístico (4); Economista (3); Enfermeiro (3); Técnico em Comunicação Social (3); Bibliotecário (1); Engenheiro (1); Farmacêutico (1); Nutricionista (1).

Ultimo edital de concurso PF - Agente administrativo

Em 2020, a Polícia Federal completou sete anos do último concurso da PF realizado para o cargo de agente administrativo, executado em 2013.

Na ocasião, a taxa de inscrição era no valor de R$ 60,00. O edital contou com 556 vagas para cargos de ensinos médio e superior, sendo 534 deles exclusivos para a área administrativa.

O certame possuía etapa única de seleção, uma prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório. O teste continha o total de 120 questões, distribuídas em 70 questões de conhecimentos básicos e 50 questões de conhecimentos específicos.

A banca organizadora do concurso público foi a Cebraspe, que adota o exame no estilo certo e errado. De modo geral, o candidato podia gabaritar 120 pontos.

No entanto, para ser aprovado era preciso cumprir alguns requisitos:

  • Ter obtido nota igual ou superior a 10 pontos em conhecimentos básicos;
  • Ter obtido 21 pontos em conhecimentos específicos;
  • Alcançar 36 pontos no total da prova objetiva.

Fonte: Edital Concursos Brasil